2009 – Participação no programa do Ibram e desligamento do processo que criou o Museu do Mangue

logo_IBRAM

 

[Em construção]

 

Programa Pontos de Memória do Ministério da Cultura de que o Ponto de Cultura decidiu retirar-se para criar o Museu da Beira da Linha de forma independente.

O grupo que continuou no programa criou o Museu do Mangue.

O Ponto de Cultura Espaço Livre do Coque retomou aspectos das oficinas do programa com uma nova orientação a partir da leitura crítica que o grupo fez do processo e elaborou o o documento Teias de Memória como primeiro projeto do Museu da Beira da Linha do Coque.

Comments are closed.