24/04/2014 a 07/05/2014 – Debates da exposição Cães sem Plumas na Fundaj-Derby

Participação do Museu da Beira da Linha do Coque no primeiro debate da exposição Cães Sem Plumas. Foto: Jessica Miranda.

Participação do Museu da Beira da Linha do Coque no primeiro debate da exposição Cães Sem Plumas. Foto: Jessica Miranda.

O Museu da Beira da Linha do Coque estava em itinerância na sala Vicente do Rêgo Monteiro na Fundaj-Derby no período em que Moacir dos Anjos levou os debates da exposição Cães sem Plumas, projeto seu que estava em exposição no Mamam, para a sala Aloísio Magalhães no mesmo prédio. A equipe do Museu da Beira da Linha do Coque, junto com um grupo da Ocupação Vila Imperial, acompanhou as falas dos convidados e participou dos debates quando foram abertos ao público.

Após os comentários de Moacir, Rildo Fernandes reconheceu-se no título da exposição extraído do poema de João Cabral de Melo Neto e descreveu como o via traduzido nos moradores do Coque, seus companheiros. Loro, da Vila Imperial, também se manifestou sobre a voz e a representação dos moradores do Coque e outras pessoas na mesma condição.

Debate em 24/05/2014: Falar de quem não tem fala
Participantes: José Rufino e Luiz Ruffato

Debate em 05/05/2014: A Pobreza que não Interessa
Participantes: Jessé de Souza, Maria Eduarda Rocha e Fabiana Moraes

Debate em 07/05/2014 – O Invisível Representado:
Participantes: Virgínia de Medeiros, Márcio Selligmann-Silva e Luiz Camillo Osório

Veja também:
Notas sobre a “Cães sem Plumas”, texto de Moacir dos Anjos no Blog da Fundaj.

Local: Sala Aloísio Magalhães, Fundaj-Derby
Horário: 19h