Ponto de Cultura

inserir o vídeo de Rildo sobre o PCELC (aguardando link)

 Nossa associação surgiu em 2001 como Espaço Livre do Coque e foi registrada em 2011 já como Ponto de Cultura Espaço Livre do Coque. Nós pretendíamos principalmente organizar as pessoas da comunidade para defender os interesses do Coque no Orçamento Participativo recém-implantado, defender o Coque dos que não o defendiam na hora de determinar como a Prefeitura deveria gastar os recursos no Bairro. Participamos também de iniciativas de familiarização da comunidade com o PREZEIS (Programa de Regularização das Zonas Especiais de Interesse Social) colaborando com sua consolidação no cenário político do Recife. Vínhamos já atuando em outras organizações como o grupo jovem da igreja católica, bloco de carnaval, escolinha de futebol e entidades de atuação política mais direta e reivindicatória como o Grupo Comunitário do Coque – Grupão. A maioria dos cerca de 13 membros eram vinculados ao Grupo de Mobilização, como hoje ainda. O Grupão, constituído na década de 70, articulava forte representação comunitária do Coque com a Comissão de Justiça e Paz na luta por direitos fundamentais e contra a ditadura militar. No novo cenário de disputa pelo poder, após a abertura política, o Grupão não se sustentou, mas o Grupo de Mobilização que se voltava para a conscientização política através de atividades de estudos, pesquisa e cultura foi uma de suas iniciativas que permaneceu, servindo até hoje como base. O Ponto de Cultura foi criado nessa movimentação histórica, política e cultural como forma mais direta e dinâmica de reivindicação e atuação aberta e autônoma do Coque no Recife e no mundo.

Transfer Sublimático - Museu da beira da linha do coque

Nós fortalecemos as redes internas e externas de mobilização e de trocas no Coque. Servimos como ponto de apoio e de contato para entidades e indivíduos forasteiros colaborando por um lado com o acesso da população a serviços de utilidade pública, por outro com a tomada dos problemas do Coque como problemas do Recife e contribuindo para a diluição das fronteiras do bairro. Através do Orçamento Participativo e da cobrança direta aos políticos e órgãos governamentais temos garantido a implantação e melhoria de diversos serviços públicos de primeira necessidade. Através da vigilância e mobilização articulada temos feito frente à pressão da especulação imobiliária e outras invasões do Coque, como foi o caso da manutenção das residências que estavam ameaçadas pelas obras do terminal e da expulsão da OAB e Pólo Jurídico dos terrenos do Coque em 2013.

RevistaRadis129

Parte dos Coordenadores do Ponto de Cultura. Foto: Revista Radis, No. 129.

Coordenadores:
Rildo Fernandes da Cunha Filho
Adriano Felix de Castro
Ricardo Jorge da Silva
Moisés Francisco da Silva
Luiz Carlos da Silva Costa
Josivan Cristóvão da Silva Costa

Conselheiros:
Joaquim Carlos de Lima Neto
João Leno Ribeiro da Silva
Felipe Alves de Menezes
PONTO DE CULTURA ESPAÇO LIVRE DO COQUE

CNPJ: 13.782.970/0001-38
Sede provisória na Av. Central – 42 – Coque
CEP 50.090-700 – ILHA DE JOANA BEZERRA – RECIFE (PE)

Blog: http://pontodeculturaespaolivredocoque.blogspot.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/groups/238256952893099/?fref=ts
Email: cunhafernandes@bol.com.br
Telefone:  81 87830331